Mitlav "Wise Fool"

Description:

Name: Mitlav “Wise Fool”

Race: Half-Orc

Class: Cleric of St. Cuthbert

Domains: Destruction, Law

Gender: Male

Age: 17

Height: 6’3’’ (1.90m)

Weight: 285lb (130kg)

Alignment: Lawful Neutral

Aparência: Mitlav tem cabelo rapado junto ao crânio e é bastante grande, para um
half-orc.
Não tem as habituais cicatrizes de guerra vistas na maioria dos da sua raça,
excepto a grande cicatriz que lhe cobre o pescoço de lado a lado, Mitlav usa sempre
um pedaço de tecido negro a tapar a cicatriz e raramente a mostra.

Mitlac veste robes escuras e discretas por cima da sua armadura, viajando muitas vezes com capuz para não chamar atenções indesejadas, além de que a roupa discreta o permite identificar os agentes do caos com melhor eficácia e revelar a sua vocação apenas no
momento mais eficaz.

Bio:

Background:

Nas terras fronteiriças há guerras contantes entre tribos semi-selvagens de Orcs e Humanos e foi no desfecho de um saque Orc a uma aldeia humana que Mitlav
foi concebido.
A sua mãe humana esperava que a gravidez fosse proveniente do seu companheiro humano pelo que não interrompeu a gravidez, mas ao ver o tom acinzentado da pele do seu filho e o seu tamanho sobrenatural soube que este era o resultado do ataque que sofrera meses antes. Lembrando-se das dores que sentira e enlouquecida pelo choque, carregou o bebé recém-nascido até fora da aldeia e decidiu eliminá-lo ali mesmo.

Mitlav chorava muito e começava a atrair demasiadas atenções, então a sua mãe pegou numa pedra aguçada, cortou-lhe a e voltou para a aldeia sem verter uma lágrima.

Chovia muito mas o breve choro de Mitlav foi o suficiente para intrigar o Padre Mathew, um clérigo da igreja de St Cuthbert que viajava por um carreiro próximo, vindo de uma peregrinação às terras selvagens. Ao procurar a criança, encontrou-a a esvair-se em sangue, apenas com uma réstia de luz nos olhos.

Apiedando-se da criatura, Mathew usou os seus poderes divinos para curar o recém-nascido e viajou com ele, comprando leite materno onde conseguia até chegar à igreja de St. Cuthbert mais próxima, que pertencia à Order of the Stars, um culto dedicado ao cumprimento das leis de St Cuthbert dentro da própria casta.

E foi aí que o half-orc cresceu, a sua presença tolerada pelos padres e clérigos, planeavam inicialmente assisti-lo até que tivesse idade para se desenrascar, mas desde cedo Mitlav mostrou grande apetência para o combate, e um sentido férreo de justiça, por vezes o seu sangue orc vinha ao de cima e causava distúrbios dentro da igreja pelo que a ordem decidiu iniciar a sua educação como clérigo logo aos 6 anos, para que Mitlav pudesse servir uma causa mais nobre e para que estivesse entretido com o treino, resolvendo assim os problemas da ordem.

Não foi fácil quebrar o seu espirito curioso e perspicaz, mas os treinadores de St Cuthbert são irredutíveis no seu empenho e dominam os seus alunos com um punho de ferro até que recitem todas as palavras do seu deus sem gaguejar.

Foi nesta altura que os padres começaram a chamar Wise Fool a Mitlav, em tom de gracejo, pois “Parables of the Wise Fool” é um livro muito famoso da fé Cuthbertina cujo personagem se assemelhava em muito à disposição de Mitlav.

Apesar de se sentir grato pela protecção da igreja, Mitlav tinha muitas perguntas sobre a sua origem, sobre a grande cicatriz que lhe cobre a garganta, e sobre a razão de ser tão diferente dos que o rodeiam, vivendo uma vida de isolamento na igreja, Mitlav nunca tinha sequer visto outro não-humano, mas os membros da igreja não lhe conferiam respostas, tinham aprendido a gostar do jovem Mitlav e da sua crescente devoção pela fé, e receavam perdê-lo se este soubesse que a sua mãe humana o tentara matar.

Aos 14 anos Mitlav já era um clérigo ordenado da fé de St Cuthbert e chegara a altura de partir a mando da Order of the Stars para eliminar o mal do mundo, corrigir os erros daqueles que fraquejavam na sua fé, e fazer cumprir a lei a todo o custo.

No entanto, os altos sacerdotes da fé, que viviam em catedrais no interior e nenhum amor e muita desconfiança tinham a este half-orc decidiram que se Mitlav se queria provar como verdadeiro crente, deveria caçar um orc clérigo de Gruumsh que estava a recolher um grande número de seguidores nas aldeis orcs próximas da igreja, se Mitlav morresse seria menos um embaraço, se cumprisse a sua missão tanto melhor. Tal tarefa deveria ter sido atribuída a um grupo de clérigos e paladinos experientes, mas ansioso por se provar e alheio ao plano dos sacerdotes, Mitlav marchou em busca do clérigo malvado, encontrando a sua aldeia em poucos dias.

Quando o clérigo de Gruumsh saiu da aldeia para responder ao desafio do clérigo rival, ambos se fitaram em choque, Mitlav pois via pela primeira vez um orc, e reconhecia traços que até então apenas observara no espelho, e o clérigo de Gruumsh pois ver um meio-orc com as vestes de St Cuthbert era um insulto a tudo o que Gruumsh representa.

Muito mais forte e experiente, o clérigo maléfico derrotou rapidamente Mitlav e deixou-o inconsciente, no entanto a sua raiva por esta corrupção da sua raça não tinha fim, e conhecendo a localização da igreja decidiu exercer a sua vingança imediatamente. Os orcs prenderam Mitlav e marcharam sobre a igreja, 30 orcs armados até aos dentes.

Ao chegarem à igreja usaram Mitlav como refém para desorientarem os clérigos e atacarem sem dó nem piedade, obrigando Mitlav a ver, o clérigo de Gruumsh tentava mostrar-lhe como os humanos eram fracos, e os orcs fortes, e que ele devia renunciar St Cuthbert e aceitar o deus dos orcs como o maior e melhor deus.

Ao ver todos os seus amigos e companheiros a serem chacinados à sua frente a
raiva de Mitlav foi crescendo, a fúria divina encheu-lhe o coração, a sensação de justiça
percorreu-lhe a pele e sentiu o chamamento do seu deus.
Possuído por uma força que até então desconhecia, Mitlav foi possuído pelo espirito de retribuição de St Cuthbert e evocando uma maça mágica esmagou o crânio do clérigo orc de surpresa, e imbuído de força divina dominou os outros orcs e fez fugir os demais que desmoralizados pela morte do seu líder fugiram do local sagrado.

Nenhum dos habitantes da igreja sobreviveu, e Mitlav procurou então nos registos da igreja a sua verdadeira origem, e até as cartas com as ordens superiores que ditavam explicitamente que era provável que Mitlav não sobrevivesse ao encontro com o adepto de Gruumsh. Mas o half-orc não sentiu qualquer revolta contra os seus superiores, nem contra a sua mãe, culpou o orc que o concebeu e culpou-se a si próprio por não ter conseguido antever o perigo, jurou então redobrada lealdade ao seu deus e viajou até à catedral principal da Order of the Stars onde com magia divina averiguaram a verdade do relato de Mitlav e o aceitaram finalmente sem rodeios.

A fé inabalável de Mitlav tornou-o numa ferramenta da justiça, que jurou trazer morte ao caos e fúria divina àqueles que se atrevessem a ameaçar a sua noção de paz.

Mitlav "Wise Fool"

Crónicas de Fara'Gyl thebigbadwolve